Microsoft admite que cometeu erro técnico na falha de opções do navegador

Microsoft admitiu que um "erro técnico" impediu os 28 milhões de PCs com o Windows 7 Service Pack 1 de terem a opção de escolha de browser. A Comissão Europeia havia afirmado mais cedo que a Microsoft não tinha cumprido com seu compromisso de 2009 de permitir ao usuÁrio a escolha do navegador e um porta-voz da empresa afirmou que "tomou medidas imediatas para solucionar o problema".

Microsoft diz agora que distribuirÁ o software com a opção correta de escolha de browser e ofereceu-se para alargar o seu período de cumprimento da norma por mais 15 meses, em uma tentativa de 'apaziguar' a Comissão Europeia. "Lamentamos profundamente que este erro tenha ocorrido e pedimos desculpas por isso", disse um porta-voz da Microsoft. A empresa ainda afirmou que conduzirÁ uma "investigação formal" para descobrir como isso aconteceu.

A Microsoft pode enfrentar ainda uma multa adicional para o "erro" com o Windows 7 SP1. A Comissão Europeia diz que se uma empresa é encontrada quebrando compromissos juridicamente vinculativos, pode ser multada em até 10% do seu volume de negócios total anual.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.