GeForces GTX 660 Ti, GTX 660, GTS 650 Ti e GT 640 GDDR5 em agosto?!

De acordo com o Videocardz.com, a NVIDIA estÁ planejando o lançamento em agosto de nada mais nada menos do que quatro GeForces baseadas na geração Kepler. As novidades atendem pelo nome de GeForce GT 640 com memórias GDDR5, GeForce GTS 650 Ti, GeForce GTX 660 e GeForce GTX 660 Ti.

Conforme pode ser visto na tabela ao final da notícia, hÁ algumas gratas novidades em termos de especificações, em relação ao que até então, sugeriam os rumores anteriores, como é o caso das linhas GTX 660 e GTX 650.

Comecemos pelas aguardadas GTX 660. De acordo com notícias (extra oficiais) a linha intermediÁria de alto desempenho da NVIDIA contaria com 768 Stream Processos na versão Ti e 576 SPs na vanilla (não Ti), podendo eventualmente possuir respectivamente 960 SPs e 768 SPs, em uma aposta mais ousada por parte da NVIDIA. Contudo, as novas informações sugerem que a GeForce GTX 660 Ti serÁ composta por 1.344 Stream Processors, enquanto que a GTC 660 1.152 SPs. Caso se confirme, serÁ uma grata evolução em termos de desempenho.


(GeForce GT 640 GDDR3)

Prosseguindo nas macro especificações, a GTX 660 Ti terÁ modelos com 1,5GB e 3GB, enquanto que a GTX 660 serÁ composta unicamente com 1,5GB. Ambos os modelos terão 192 bits de bus. Quanto ao preço, a Ti chegaria entre US$300-230, quanto que sua "irmã menor" por US$ 200-250.

Outra placa bastante cobiçada pela comunidade gamemaníaca (em virtude, sobretudo, do preço mais em conta) é a GTS 650 Ti. A VGA terÁ 960 Stream Processors, 1/2GB de VRAM GDDR5 com bus de 192 bits (portanto, configuração anômala nos chips de memória) e preço sugerido entre US$ 120-160.

Finalmente a GeForce GT 640. Embora a NVIDIA tenha lançado uma versão da placa em abril, ao que parece, a companhia deseja disponibilizar outro modelo, com mais poder de fogo. De acordo com o Videocardz, a grande novidade desta nova versão seria a presença de memórias mais poderosas, as GDDR5, em detrimento das GDDR3. Assim, é provÁvel que além de VRAMs mais velozes, a GPU receba um "upgrade" no core clock.

Caso as informações se confirme, o que causarÁ estranheza serÁ o grande "buraco" entre a GTS 650 Ti e a GT 640. A NVIDIA poderia ser um pouco mais ousada, e disponibilizar uma GT 640 com mais Stream Processors, ou ainda, um novo modelo com 576 SPs, por exemplo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.