Intel adquire empresa que faz leitura de batidas cardíacas

A Intel anunciou a aquisição da IDesia Biometrics, empresa de Israel que desenvolveu uma tecnologia que pode ler batidas cardíacas. 

O método identifica pessoas através da batida única que seu coração faz. Lembra do Demolidor, dos quadrinhos da Marvel, que nunca esquecia o ritmo cardíaco de alguém? O princípio é o mesmo. A tecnologia da IDesia consegue ser mais precisa que a biométrica de impressões digitais, e poderia inclusive ser utilizada em computadores pessoais e celulares.


Para funcionar, o programa requer apenas um sensor de metal colocado em contato com o dedo indicador, que lê sinais elétricos gerados pelo seu coração para criar uma "assinatura biodinâmica". A grande vantagem é que, até onde sabemos, a assinatura não pode ser forjada. 

De acordo com o site israleita Globes, a start-up levantou 7 milhões de dólares de um fundo de investimento franco-americano e uma empresa de segurança digital em Israel. O valor pago pela Intel na compra não foi divulgado. 

- Continua após a publicidade -

Em entrevista ao Globes, o agora ex-CEO da IDesia, Daniel Lange, disse que gostaria de ter mantido a empresa. Mas reconheceu que, com o investimento da Intel, a tecnologia atingirÁ o grande mercado com muito mais rapidez.

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.