Blizzard bane jogadores de Diablo que usam o Linux

Pra quem estranhou o título, e estÁ se perguntando "como assim Diablo III em Linux?", apesar de não haver uma versão do game para o sistema opensource, diversos jogadores conseguiram rodar o game com o aplicativo Wine, que torna possível executar aplicativos Windows no sistema do pinguim. O resultado? A Blizzard identificou como sendo um cheat (trapaça) e segundo alguns usuÁrios, eles tem sido banidos por este motivo.


Sem Diablo pra você, Linux.

A empresa nega que tenha banido qualquer usuÁrio por conta do uso do Wine, porém em um tópico do forum oficial estão "chovendo" pessoas reclamando de banimentos injustos. Segundo um usuÁrio, ele jogou por anos World of Warcraft desta mesma forma, e nunca teve problemas.

Apesar de não ser suportado oficialmente pela Blizzard, segundo os usuÁrios do aplicativo, Diablo III roda bem em vÁrios sistemas Linux com o Wine, com crashes apenas quando a resolução de tela é alterada, o que força o jogador reiniciar o game para que a mudança tenha efeito.

Com o uso do Wine, os jogadores não tem nenhum benefício adicional com o jogo, exceto serem capazes de rodÁ-lo em um sistema oficialmente não suportado. Na melhor das hipóteses, trapacearam por usar um sistema pelo qual não tiveram que pagar.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.