Precursor da Internet, Minitel será desativado no sábado

Após 30 anos de existência, a França vai descontinuar o Minitel neste sÁbado, um sistema de comunicação que precedeu a Internet como conhecemos hoje. Criado em 1982 pelos franceses, trata-se de um sistema que exige um aparelho com monitor acoplado a um telefone, que permite aos usuÁrios realizar vÁrias atividades, como obter resultados de exames, reservar passagens aéreas e acessar informações de organizações públicas.

O Minitel atingiu o seu Ápice em meados da década de 90. Na época, a França tinha nove milhões de aparelhos, cerca de 25 milhões de usuÁrios e 26 mil serviços disponíveis, o que gerava lucros anuais superiores a US$1 bilhão.


Mesmo ultrapassado, o Minitel continua em uso no país, mesmo em pequena quantidade. Conforme a AFP, existem cerca de 400 mil terminais ativos e, em 2010, o sistema gerou 30 milhões de euros em receita, o equivalente a US$35 milhões. Com 85% da receita indo para os provedores dos serviços (muitos jÁ descontinuados), a France Telecom decidiu que o custo de manutenção da rede não vale mais a pena.

Quem vai sentir mais falta do sistema é a comunidade rural da França, que concentra os maiores usuÁrios, especialmente em Áreas mais remotas onde conexões de Internet banda-larga ainda não estão disponíveis.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.