Adobe não disponibiliza Flash para o Android 4.1 e poderá sair do Google Play em agosto

A notícia vem da própria Adobe que afirma focar-se em produtos como o Air e em padrões como o HTML 5 para os dispositivos móveis, em detrimento do Flash. Com isso, o plugin só vai dar suporte para aparelhos certificados pela Adobe e fabricantes.

Ele poderÁ ser instalado em smartphones, tablets ou outros dispositivo móveis somente até o dia 15 de agosto, data que a desenvolvedora retirarÁ o Flash da loja de apps do Google.

"A partir de 15 de agosto passaremos a usar as definições de configuração na loja Google Play para limitar o acesso às atualizações do Flash Player apenas aos dispositivos que jÁ o suportam", disse a Adobe em um comunicado.

A empresa avisa, ainda, que dispositivos como o Galaxy Nexus, que neste momento suportam Flash no Ice Cream Sandwich, podem passar a sofrer de instabilidade depois da atualização para o Jelly Bean. Isso se deve ao fato de o Flash Player não estar certificado para o novo sistema operacional. Então, eles recomendam a sua desinstalação depois da atualização para o Android 4.1.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.