Microsoft compra rede social Yammer e quer integrá-la ao Office

Confirmando os rumores, a Microsoft decidiu adqurir a Yammer, uma startup de redes sociais voltadas para negócios. Com a negociação, a Microsoft vai pagar US$1,2 bilhão e incluir algumas funcionalidades de compartilhamento no estilo do Facebook em seus softwares corporativos.

O Yammer permite a criação de redes sociais privadas para que funcionÁrios de uma mesma empresa consigam compartilhar o trabalho e ficar por dentro do que os colegas estão fazendo.

Conforme reportagem do Washington Post, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, espera que as ferramentas de compartilhamento do Yammer mantenham aplicativos famosos como o Word e o Excel vitais como ferramentas de trabalho. "Pense no Yammer como uma parte fundamental da nossa família Office", afirmou o executivo.

Larry Cannell, analista do Gartner, afirmou que a aquisição da gigante de Redmond significa que a companhia reconheceu que "as capacidades sociais dos produtos da Microsoft têm sido deficientes". De fato, a empresa anda preocupada em investir nisso. No ano passado, a Microsoft adquiriu o Skype por nada menos que US$8,5 bilhões.

O Yammer surgiu em 2008 e hoje conta com mais de 5 milhões de usuÁrios registrados de mais de 200 mil empresas no mundo inteiro.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.