Sandia exibe protótipo de cooler com dissipador de calor "flutuante" e que gira a 2000 RPM

Um protótipo de um novo tipo de cooler estÁ sendo desenvolvido pelo Sandia National Laboratories, que teoricamente é cerca de 30% mais eficiente em transferência de calor, menor e mais quieto que os modelos tradicionais. Nomeado de Sandia Cooler, teve a licença negociada com duas companhias (uma de LEDs e outra de refrigeração para computadores) e é constituído de três partes simples: um disco fixo que serve como base e é a Área de contato com o CPU, uma sequência de fins curvados giratórios que se assemelha a um impulsor e um pequeno motor localizado ao centro.

O cooler utiliza um princípio de "rolamento hidrodinâmico", de forma que a parte giratória, que chega a mais de duas mil rotações por minuto, fica separada da base por uma fina camada de ar. Esta camada facilita a transferência de calor da parte debaixo para os fins giratórios, o que deve gerar muitas dúvidas em um mercado acostumado a materiais de interface termal e contato entre metais.

O ar frio é atraído ao meio do impulsor enquanto ar quente é expelido pelos fins. No vídeo, eles demonstram que este processo pode ser muito silencioso, apesar da rotação elevada - o barulho na primeira metade é causado pelo motor experimental usado, que não estava coberto.

Assuntos
Tags
  • Redator: César Massaki Teshima Soto

    César Massaki Teshima Soto

    Graduando de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, ganhou um Mega Drive aos 5 anos, mas nunca conseguiu fazer final em Sonic 2. Navegava pelas salas de bate papo nos tempos da internet discada e até hoje procura o disquete perdido com seu jogo salvo do América-MG no Elifoot 98.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.