Malware "Medre" já roubou mais de 10 mil projetos de empresas latino-americanas

Os pesquisadores da ESET na América Latina descobriram que o malware Medre roubou mais de 10 mil arquivos de empresas relacionados a planos e projetos desenvolvidos no software de desenho técnico AutoCAD.

Conforme a empresa, o código malicioso estÁ ativo desde 2009 e tem como principal objetivo atacar empresas públicas e privadas da América Latina, principalmente do Peru, que concentra 95% dos ataques.

O AutoCAD é popular entre arquitetos, engenheiros e designers que criam projetos em 2D e 3D

Apesar de o alvo estar bem próximo de nós, as informações são enviadas para o outro lado do planeta, para um servidor na China. "Trata-se do maior caso de ciberespionagem em grande escala voltado a corporações latino-americanas a utilizar o malware como ferramenta de propagação", afirma Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET Brasil.

O Medre é um worm desenvolvido para infectar versões atuais e futuras do AutoCAD. "Assim como o Stuxnet, Duqu e o Flame, trata-se de uma ameaça complexa, com o objetivo específico de permitir que o cibercriminoso não só tenha uma maior efetividade como também um baixo índice de propagação, de modo a evitar que as vítimas e a indústria de segurança da informação sejam alertadas", afirma Joaquín Rodríguez Varela, Coordenador do Laboratório da ESET na América Latina.

Na investigação, os pesquisadores da ESET identificaram o código malicioso em dois domínios pertencentes ao governo peruano. Uma das pÁginas infectadas é utilizada para processo de seleção de fornecedores para projetos em órgãos públicos. A companhia disponibiliza uma ferramenta gratuita para remover o Medre.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.