RIM pode dividir-se em duas, e vender as partes para as concorrentes

O jornal britânico Sunday Times divulgou hoje uma notícia que estÁ deixando de "cabelo em pé" o mercado e os fãs dos smartphones BlackBerry.

Segundo o jornal, a RIM (Research in Motion) estÁ considerando dividir-se em duas, separando assim a sua divisão de fabricação de aparelhos de sua rede de messagens.

A companhia, que contratou em maio as firmas de consultorias em serviços de capitais e financeiros JP Morgan e RBC Capital, poderia, inclusive, vender a nova divisão de aparelhos para potenciais candidatos como é o caso da Amazon e do Facebook. JÁ a divisão de rede de mensagens poderia ir para nas mãos da Apple ou mesmo do Google. Pelo menos é o que sugere o Sunday Times.

Ainda de acordo com o jornal britânico, a RIM estaria estudando uma terceira alternativa: a de vender a companhia por completa para uma grande firma de tecnologia, como é o caso da Microsoft.

- Continua após a publicidade -

A Research in Motion, que praticamente inventou o conceito de acessar emais por celulares através de seus primeiros dispositivos BlackBerry, passa atualmente por uma situação de mercado delicada. Apesar de registrar aumento na quantidade de vendas de aparelhos (apesar da forte baixa em 2012), a companhia vem gradativamente perdendo "terreno" em termos de market share, conforme pode ser visto no levantamento realizado pela Statista.

UPDATE: A RIM se pronunciou oficialmente sobre o assunto. "A RIM contratou consultores para ajudar a companhia a examinar maneiras de alavancar a plataforma BlackBerry através de parcerias, oportunidades de licenciamento e modelos de negócios alternativos e estratégicos", afirmou o porta-voz da empresa. Como Thorsten Heins, CEO da companhia, afirmou na conferência de lucros do quarto trimestre, "Acreditamos que a melhor maneira de oferecer valor a nossos acionistas é executar nosso plano para que a companhia se reinvente. Isto continua verdade".

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.