Novo 3DMark será capaz de testar DirectX 9, 10 e 11

A Futuremark anunciou as mudanças que a próxima versão do 3Dmark. O principal diferencial da nova versão do benchmark é a versatilidade: os testes são capazes de verificar a capacidade do sistema de lidar com diferentes versões da API DirectX, bem como o software serÁ compatível com diferentes distribuições Windows.


 

O novo 3DMark serÁ compatível com os sistemas Windows 8, Windows 7 e Windows Vista, o que fez a Futuremark abandonar o nome "3DMark for Windows 8", codinome anterior durante as etapas de desenvolvimento anteriores. Daqui para frente, a empresa utilizarÁ o nome "3DMark for Windows", ou simplesmente "3DMark".

Outra destaque é que os benchmarks do aplicativo serão capazes de verificar a capacidade do sistema de lidar com as DirectX 9, 10 e 11, tudo feito através desta última versão da API. A principal vantagem desta característica é que o benchmark trarÁ um relatório muito mais completo, jÁ que cada versão da API da Microsoft traz características diferentes, no que se refere a capacidades do software.

 

- Continua após a publicidade -

A Futuremark também divulgou hoje parte do teste, mostrando que o novo benchmark irÁ abusar de alguns efeitos como o Tessellation, luzes dinâmicas e movimentos de partículos, explorando bastante os potenciais da API DirectX (e provavelmente irÁ arrancar algumas gotas de suor de nossas placas de vídeo).

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.