Kodak processa a Apple por atrapalhar a venda de patentes

A Kodak, que pediu concordata para evitar a falência, não pode mais ser processada pela Apple graças à determinação do juiz Allan Gropper. O contrÁrio, porém, pode muito bem acontecer. A empresa fotogrÁfica acaba de processar a gigante de Cupertino.

A companhia alega que a Apple se diz dona de dez de suas patentes de imagem digital, fruto de um trabalho realizado em conjunto no início dos anos 90. A Kodak ainda diz, conforme a Reuters, que a maçã é a empresa que mais infringe suas patentes, embora seja também uma compradora em potencial.

"A estratégia da Apple tem sido a de usar sua posição financeira privilegiada para atrasar o mÁximo possível o pagamento de royalties para a Kodak" e, ainda, interferir nas vendas das patentes, afirmou a companhia.

Como parte de seu processo de reestruturação, a firma anunciou a venda de mais de 1.100 patentes. Até o momento, existem cerca de 20 interessados e os compradores devem ser anunciados a partir de 13 de agosto.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.