Novo supercomputador mais rápido do mundo volta a ser americano

Um supercomputador americano construído pela IBM foi escolhido como a mÁquina mais potente do mundo, pelo menos por enquanto, de acordo com a lista Top 500. Chamado de Sequoia, o computador é baseado na arquitetura Blue Gene/Q da IBM, e pertence ao órgão americano NNSA de segurança nuclear. O título de obter o PC mais potente volta aos EUA depois de, nas duas últimas listas, o Japão e a China terem ficado com o posto.

A mÁquina que ocupa uma sala e 96 racks possui 1,6 milhão de núcleos com 1,6 petabytes de RAM. Além disso, consegue chegar a 16,32 petaflops, ou seja, 16,32 quatrilhões de operações de ponto flutuante por segundo. Segundo o Gizmodo, o computador mais rÁpido até então, da Fujitsu do Japão, chegava a 10,51 petaflops.

O Brasil estÁ na lista com o computador Tupã do INPE, usado para monitorar o clima, que caiu para a 79ª posição, e com um novo integrante, o Grifo04 da PetrobrÁs. O computador da empresa estatal ocupa a 68ª posição e com 215 teraflops é, agora, o mais rÁpido do Brasil. O Grifo04 foi fabricado pela Itautec, custa R$15 milhões e é usado para melhorar o processamento de imagens de Áreas com potencial de produção de óleo e gÁs.

Assuntos
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.