Site de compras online cobra taxa extra de usuários do IE 7

A loja australiana de eletrônicos Kogan adotou uma medida inusitada para desencorajar o uso do Internet Explorer 7: cobrar uma taxa extra de 6,8% de clientes usuÁrios do navegador. O valor foi calculado com base no tempo em que o browser estÁ no mercado: 0,1% para cada mês, conforme o Dvice.

Para o fundador da loja, Ruslan Kogan, a medida deve incrementar as atividades da empresa, uma vez que seu time de desenvolvedores "têm que gastar muito tempo fazendo o site aparecer normalmente no IE 7". Conforme o executivo, "isso não estÁ só custando muito caro para nós, como afeta qualquer negócio online, e custa milhões à economia da Internet."

"Como cidadãos da Internet, todos temos a responsabilidade de fazer da web um lugar melhor. Tomando essa medida, estamos fazendo a nossa parte", justifica Kogan. "Isso vai ajudar a aumentar nossa eficiência e manter os preços baixos."

Para evitar a taxa, o site encoraja os usuÁrios a usar o Chrome, Firefox, Safari, Opera ou versões mais recentes do Internet Explorer. Atualmente, o browser estÁ em sua nona versão, o que torna o IE 7 bastante ultrapassado.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.