Pesquisa indica que mercado do Windows Phone será maior que do iOS em quatro anos

Uma pesquisa realizada pelo IDC mostra que nos próximos quatro anos o Windows Phone pode superar o mercado do iOS e se tornar o segundo sistema operacional móvel mais usado do mundo. Dos 5,2% atuais, o OS da Windows deve ter um aumento de 14% até 2016, enquanto o iOS terÁ uma perda de 1,5%, ficando com 19% do mercado. No primeiro lugar estÁ o Android que atualmente detém 61% do mercado de telefonia móvel e deve ficar com 52,9% daqui a quatro anos.

Segundo a pesquisa, o aumento da venda do Windows Phone se deve à recente introdução do Nokia Lumia 900 no mercado. O smartphone estÁ sendo bem avaliado, elevando a fama do OS. Ainda segundo o relatório, a porcentagem de mercado do Android só não vai cair mais com o crescimento recente de smartphones da Samsung equipados com o sistema operacional.

Quem não vai ver muita mudança é a BlackBerry, que terÁ uma queda de 0,1%. A perda tem sido atribuída ao crescimento do mercado de aplicativos móveis. Um sistema operacional que deve extinguir nos próximos dois anos é o Symbian, principalmente após o anúncio da Nokia de que todos os próximos smartphones da empresa serão equipados com OS móvel do Windows.

- Continua após a publicidade -

Em geral, o IDC espera que o mercado global de telefones móveis cresça 4% ao longo dos próximos quatro anos e que, este ano, 1,8 bilhões de smartphones sejam enviados ao mercado. As informações são do LegitReviews.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.