Com Tegra 3, "Dead Trigger" vira praticamente outro jogo

A Madfiger Games anunciou um game no estilo FPS todo otimizado para o chip móvel Tegra 3 da NVIDIA, o "Dead Trigger". Ao jogÁ-lo em um portÁtil baseado nessa CPU, o gamer se depara com efeitos inexistentes nas versões comuns: física, fumaça volumétrica e Água realista são apenas alguns deles.

"Estamos muito orgulhosos em anunciar nosso primeiro FPS para dispositivos móveis", diz o CEO da Madfinger Games, Marek Rabas. "Ao usar novas tecnologias para aumentar a qualidade visual, ‘Dead Trigger' representa um passo à frente em nossa produção".


Para comprovar a diferença que faz o Tegra 3 no visual do jogo, a companhia liberou um vídeo de comparação.


"Nós melhoramos a experiência visual usando animação com captura de movimentos, aprimoramos a criação dos personagens e usamos novos efeitos", conta Rabas. E não foi só isso. "Não é apenas uma questão de grÁficos. Estamos trabalhando duro nas mecânicas do gameplay também."

O jogo chegarÁ em breve à Tegra Zone da NVIDIA.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.