Facebook perde processo para Faceporn, a versão pornô da rede social

O Facebook perdeu mais um processo judicial relacionado com a pornografia. Dessa vez, a empresa de Zuckerberg não conseguiu convencer o Juiz Federal da Califórnia, Jeffrey White, a obrigar o site pornô Faceporn a mudar de nome ou sair do ar. Segundo o Juiz, o caso estÁ fora de sua jurisdição, sendo que o site de conteúdo adulto não estÁ hospedado em terras americanas.

O Faceporn é um site norueguês que se denomina como a "rede social número um do sexo" e o processo foi movido pelo Facebook pelo uso do nome (Face) que faz uma ligeira associação com a rede de Zuckerberg. Segundo o Gizmodo, outro ponto que levou o juiz a negar o pedido da Rede Social foi o fato de acreditar que os sites não disputariam usuÁrios.

Um porta-voz do Facebook comentou que pode levar o processo até a Noruega, onde o site estÁ hospedado.

Este não é o primeiro caso envolvendo o site de Zuckerberg e outras empresas com nomes semelhantes. No ano passado, uma rede social de professores chamada Teachbook e um site de namoro, Shagbook, também foram levados ao tribunal pelo Facebook. Assim como aconteceu agora, a rede social que entrou no mercado de ações no dia 18 deste mês, não conseguiu vencer.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.