Ações do Facebook fecham valendo US$ 28

Caso você tenha comprado ações do Facebook, temos uma mÁ notícia: os papéis da empresa seguem em queda, e fecharam pela primeira vez cotados abaixo dos 30 dólares. Durante as negociações de ontem (29/05) , as ações sofreram queda de 9%, fechando em US$ 28.84.

Desde o início da venda pública de ações (IPO), o Facebook vem enfrentando uma série de escândalos e "infortunos". JÁ no primeiro dia de venda de papeis da empresa, a Nasdaq sofreu problemas técnicos, o que atrasou em 30 minutos o início das transações. Poucos dias após o início das vendas, iniciou uma investigação de autoridades do mercado financeiro americano, a FINRA, sobre a venda das ações. Segundo o órgão regulador, a JP Morgam, banco que coordenou a abertura de capital do Facebook na bolsa, informou apenas alguns clientes sobre o fato de que o Facebook tem uma estimativa de lucro menor que esperada, para este ano.

O escândalo desta omissão de informações bÁsicas para os investidores, no IPO, trouxe novamente o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, para o banco dos réus, e minou a confiança de diversos investidores em potencial do fb, sigla da empresa na Nasdaq. Desde o lançamento do IPO, no dia 18/05, as ações caíram dos US$ 38 iniciais para até US$ 28.65, valor mínimo registrado. Com o valor dos papéis em US$ 28.84, ao fechamento de ontem, as ações da empresa jÁ acumularam mais de 26% de queda.

A empresa foi avaliada em US$ 104 bilhões, e a oferta pública de ações possuía, no lançamento, uma estimativa de arrecadar US$ 16 bilhões com os investidores, o que representaria o maior valor alcançado por uma empresa de internet nos Estados Unidos.

UPDATE: Segundo o Estadão, a queda nas ações fez Mark Zuckerberg perder quase US$ 5 bilhões e sair da lista dos 40 mais ricos dos EUA. No início da IPO, quando era mais rico que os fundadores do Google, ele aparecia na 29º posição, com US$ 19,6 bilhões e hoje, pouco mais de uma semana depois, o empresÁrio estÁ com US$ 14,7 bilhões.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.