Ultrabooks ganham isenção fiscal no Brasil

O governo brasileiro alterou algumas regras do Processo Produtivo BÁsico para poder enquadrar os Ultrabooks na Lei de InformÁtica, que concede isenção fiscal para equipamentos fabricados no país. Para isso, foi preciso permitir que as fabricantes importassem os SSDs, que ainda não são produzidos por aqui.

Agora, as Portarias MDIC/MCTI nº 109 e nº 110, de 2012, permitem essas importações até o dia 31 de dezembro deste ano. A partir daí, o governo espera que esse tipo de unidade de armazenamento, mais especificamente o iSSD, com circiuto integrado MCP (Multi-chip Package), jÁ esteja sendo fabricado no país.


Pela legislação anterior, a empresa perderia os benefícios fiscais se descumprisse essa etapa. O cronograma para cumprimento das demais etapas, porém, não foi alterado. A portaria foi publicada no DiÁrio Oficial da União de 18 de maio.

Durante a IDF Brasil 2012, que ocorreu em meados de maio, a Intel anunciou que 11 companhias disponibilizarão Ultrabooks fabricados no Brasil até o final do ano. As primeiras incluem a Acer, HP, CCE Info, Dell, LG, Megaware, Positivo, Samsung e STi.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.