Senado quer taxar compras online internacionais

Os brasileiros correm o risco de ter que conviver com mais um imposto. O Senado planeja tributar as compras feitas em outros países pela Internet, em uma tentativa de compensar as perdas financeiras com o ICMS, que não é cobrado nesses casos, em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Estudos feitos pelo Senado mostram que o brasileiro jÁ gastou US$ 25 bilhões em compras online em sites dos Estados Unidos. Hoje, com as novas regras do ICMS, não hÁ cobrança nesse tipo de operação comercial. 

Conforme reportagem publicada neste domingo (27/05) no jornal O Globo, a ideia dos senadores é criar um novo imposto para garantir recursos aos estados de destino. Hoje, as compras pela Internet feitas no exterior estão sujeitas a taxas e multas impostas pela Receita Federal.

De fato, o governo tem aumentado o cerco com as compras feitas fora do Brasil. A operação Maré Vermelha da Receita Federal, deflagrada em março, tem causado atrasos de até quatro meses para a chegada das mercadorias aos consumidores.  A medida aumenta o número de cargas fiscalizadas no chamado "canal vermelho" da Alfândega nos portos, que faz vistoria documental e física dos produtos.

A Receita também intensificou a fiscalização nos aeroportos, principalmente em São Paulo. LÁ, os ficais inclusive dispõem de scanners móveis capazes de detectar a quantidade, o formato dos objetos e saber se são de metal, vidro, plÁstico ou material orgânico.
Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.