Gradiente volta ao mercado e promete tablet Android para junho

A Gradiente, que permaneceu sem comercializar produtos eletrônicos desde 2006, retorna ao mercado brasileiro com um tablet especialmente desenvolvido para crianças, o Tablet Oz "meu primeiro Gradiente", uma releitura do colorido rÁdio dos anos 80, vendido na loja online da marca por R$999,90.

Para os próximos 30 dias, a empresa promete um produto mais convencional: o tablet OZ Black, com Android 2.3.1, tela de 8 polegadas, processador de 1GHz e câmera de 2 megapixels.


A Gradiente agora pertence à Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD). O CEO Fabio Vianna diz que os foco serÁ o mercado de entretenimento doméstico, celular, eletrônicos infantis e tablets. Ele ainda diz que a companhia planeja lançar mais de 20 produtos até o final do ano. A

empresa vai priorizar as vendas online, através da Gradiente Store, e a produção serÁ terceirizada aqui mesmo no Brasil, mas a companhia não revela quais são os fabricantes parceiros.

No site
, além do tablet infantil, também estÁ à venda um Blu-ray player 3D por R$499. Outras promessas da Gradiente incluem aparelhos de home theater sem fio, celulares, smartphones e fones de ouvido. Dentro das próximas semanas, devem chegar TVs Full HD e o Linkbox, um media player com Android para ser conectado à TV.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.