Intel apresenta roadmap de CPUs para dispositivos móveis durante a IDF 2012

Durante uma mesa redonda com a imprensa da América Latina, a Intel apresentou o planejamento para o lançamentos de novos produtos com foco no mercado de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Neste campo, a empresa anunciou que irÁ duplicar a velocidade de desenvolvimento prevista na "Lei de Moore", a cada nova geração de processadores.

Roadmap de processadores para tablets com Windows 8


A Intel trabalha em conjunto com 10 OEMs, com a previsão de lançamento de mais de 20 tablets, durante a segunda metade do ano.  Eles virão com processadores Atom redesenhados "do zero", codinome Clover Trail, com arquitetura de 32 nanômetros e otimizados para operar com o sistema Windows 8. Em 2013, a nova geração partirÁ para transistores com 22 nm, codinome Bay Trail e, jÁ no ano seguinte, chegarÁ a nova arquitetura de 14 nm, ainda sem codinome. Segundo Américo Tomé, Diretor de Produtos da Intel para a Amércia Latina, tablets com sistema Windows 8 surgirão no mercado assim que Microsoft liberar o sistema operacional e, como acontece em lançamentos de computadores, a intenção é que o lançamento de produtos no Brasil seja sincronizado com a chegada dos aparelhos no exterior.

Quanto a smartphones, a Intel afirmou jÁ trabalhar com fabricantes como Motorola, Lenovo e ZTE jÁ estão desenvolvendo produtos com processadores Atom, codinome Cedar Trail, inicialmente desenvolvidos para o sistema Android. Em fevereiro, a Orange lançou o primeiro smartphone com processador Intel, e é esperado uma série de novos aparelhos durante a segunda metade deste ano.


Roadmap do desenvolvimento de processadores para smartphones

- Continua após a publicidade -

A Intel lançarÁ duas linhas de CPUs Atom para smartphones, uma desenvolvida para aparelhos de alto desempenho, para smartphones mais potentes, e uma linha voltada aos smartphones de entrada, com clocks mais baixos e preços mais acessíveis.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.