Software de reconhecimento facial pode revelar a real identidade de Mona Lisa

Pesquisadores da Universidade de Califórnia em Riverside, EUA, receberam uma doação de US$ 25.000,00 do "National Endowment for the Humanities" que serÁ usada para explorar e adaptar a tecnologia de reconhecimento facial. A intenção é usÁ-la para desvendar a real identidade de personagens de obras de arte centenÁrias, principalmente do período renascentista, como a Mona Lisa e a Moça com Brinco de Pérola.


Reprodução: Wikipédia


O projeto conhecido como "FACES" farÁ uso do mesmo software utilizado pelo governo para combater o terrorismo. A adaptação serÁ realizada pois variações na expressão facial, idade e posição do rosto são detalhes que a atual tecnologia não consegue reconhecer. O software serÁ adaptado para lidar também com formas 3D.

O reconhecimento serÁ feito através de um cruzamento de informações da pintura e as contidas em um banco de dados com obras jÁ identificadas. Bustos e mÁscaras mortuÁrias também serão analisados.

A base para essa pesquisa parte do princípio de que as pessoas pintadas na época possuíam relevância social nos locais que habitavam e eram muito conhecidas. Encomendar uma pintura custava caro e dinheiro de sobra era privilégio para poucos.

A identidade das obras se perdeu pois com as crises econômicas que atingiram a Europa por vÁrias vezes, muitas famílias foram obrigadas a vender todas as pinturas que possuíam, inclusive os retratos de seus antepassados.

Com esse novo software talvez tenhamos a surpresa de que Mona Lisa seja ou um travesti, ou  o próprio Leonardo da Vinci, como sugerem algumas teorias. E, finalmente, descubramos também a identidade da Garota pintada por Johannes Vermeer.


Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.