Presidente da Tim pode sair do cargo por investigações na Itália

O presidente da TIM Participações, Luca Luciani, pode deixar seu cargo no Brasil por causa de uma investigação de autoridades italianas envolvendo chips de telefonia móvel irregulares. As informações são da agência de notícia Reuters.

De acordo com um fonte ouvida pela agência, o conselho da Telecom Italia se reuniu em 2 de maio para discutir a situação de Luciani. A mesma fonte afirmou que a solução para o problema provavelmente serÁ a saída dele da empresa.

Entre as irregularidades investigadas estão a falsificação de 2 milhões de chips (SIM cards) para telefones pré-pagos emitidos entre 2005 e 2007 na ItÁlia e operações financeiras feitas por Luciani jÁ no Brasil. Alguns dos chips foram ativados para usuÁrios falecidos ou ficcionais, disseram investigadores.

Luciani tem contribuído para o forte desempenho da TIM, segunda maior companhia de telefonia móvel do Brasil em participação de mercado. De acordo com o site da revista Veja, Andrea Mangoni, atual diretor-financeiro da Telecom Italia, serÁ trazido ao Brasil para ocupar o cargo de Luciani.

A operadora de telefonia não confirmou oficialmente a saída do executivo, nem sequer a Telecom Italia comentou o assunto quando procurada pela imprensa. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.