Funcionários da Foxconn de Jundiaí desistem da greve

Os trabalhadores da unidade da Foxconn de Jundiaí, no estado de São Paulo, rejeitaram a proposta de greve em uma assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (03/05). Na ocasião, os funcionÁrios reconheceram que hÁ uma "boa vontade" da empresa em resolver as questões.

No mês passado, cerca de 2,5 mil empregados da fÁbrica começaram a ameaçar entrar em greve. Entre os problemas, estavam a superlotação dos ônibus que transportam os trabalhadores para a empresa, as enormes filas no restaurante e a falta de Água no local.

Através de um comunicado oficial, a Foxconn afirmou que "a falta de Água foi decorrente de um problema de abastecimento da região, e o assunto jÁ foi tratado com a empresa responsÁvel". Além disso, garantiu o fornecimento de mais ônibus e uma reforma no restaurante.

Conforme informações da Folha.com, a Foxconn também se dispôs a adotar um sistema de rodízio no horÁrio de almoço para evitar as longas filas. A companhia também negocia uma Área de descanso para os intervalos. Procurada pela publicação, a empresa disse que não irÁ comentar a decisão dos funcionÁrios.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.