Microsoft vai abandonar a marca "Windows Live"

A Microsoft jÁ demonstrou insatisfação com a marca Windows Live e, através de representantes, afirmou que pretende deixar de usÁ-la em seus produtos. O principal motivo do descontentamento é que a marca confunde os consumidores, e produtos que nem possuem conexão com a nuvem acabam ganhando um título mais longo sem necessidade, como o "Windows Live Movie Maker", que antes se chamava apenas "Windows Movie Maker".

Outra confusão que ocorre é com serviços muito semelhantes que recebem nomenclaturas diferentes, como o Hotmail e o Windows Live Mail. Para melhorar a organização de suas aplicações, a Microsoft irÁ aproveitar o novo design Metro em seus sistemas e irÁ também simplificar as nomenclaturas, sendo que todos os serviços de autenticação passarão a se chamar "Microsoft account", armazenamento serÁ chamado de "SkyDrive" e os serviços de e-mail serão marcados simplesmente como "Mail app", por exemplo.

"O Windows 8 nos dÁ a oportunidade de reimaginar os nossos serviços e softwares, e modelÁ-los para serem parte integrada da experiência com o Windows", explica o vice-presidente da Microsoft, Chris Jones.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.