Será possível fazer transações em reais para itens de Diablo III

Um dos principais enfoques da Blizzard no novo jogo da franquia Diablo é a transação entre os jogadores, que serÁ feita na "Casa de Leilões". A empresa anunciou, nesta terça-feira (01/05) que serÁ possível fazer transações usando reais entre os jogadores brasileiros.

Na "Casa de Leilões" serÁ possível realizar a compra com "gold", moeda do game, ou dinheiro real. De acordo com a região, serÁ possível escolher qual moeda serÁ utilizada, sendo que para os brasileiros as transações poderão ser feitas em reais ou dólares. O jogador poderÁ pagar com cartões de crédito Visa, Mastercard e American Express, além do serviço PayPal e créditos do jogador na Battle.net, rede de games da Blizzard.

O mecanismo da "Casa de Leilões" tem como objetivo proteger os jogadores de fraudes, e seu uso não serÁ obrigatório. A Blizzard afirma que serÁ possível fazer transações entre os jogadores, fora do sistema, porém não darÁ garantia em compras realizadas desta forma.


Global Play

- Continua após a publicidade -

A Blizzard também anunciou informações sobre o funcionamento do game em diversas regiões e a conexão entre estes lugares, o Global Play. A empresa dividirÁ os jogadores em três regiões: As Américas (América do Norte e do Sul, AustrÁlia, Nova Zelândia e Sudeste da Ásia),  Europa (Europa,  África e Oriente Médio) e Ásia (Coréia do Sul, Taiwan, Hong Kong e Macau). Os jogadores poderão jogar em qualquer servidor, porém só poderão fazer transações com dinheiro real em seu servidor de origem.

Outros itens, como os itens do baú ou seu personagem no jogo, não poderão ser transferidos, sendo que cada servidor possuirÁ registros próprios, além de políticas diferenciadas. A região em que o jogador serÁ inserido serÁ determinada pelo cadastro do usuÁrio na Battle.net, de acordo com o endereço. O jogador poderÁ trocar quantas vezes quiser de servidor, sem nenhum custo adicional.

"Diablo III" estreia em 15 de maio exclusivamente no PC, e jÁ estÁ em pré-venda com preço sugerido de R$ 100.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.