Qualcomm e governo brasileiro se unem para expandir a banda larga no país

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, anunciou nesta sexta-feira (20/04) uma  parceria com a Qualcomm para ajudar na expansão dos serviços de banda larga móvel no país e na massificação do uso de smartphones e tablets.

A empresa vai montar em São Paulo um centro de tecnologia para desenvolver aplicações para dispositivos móveis em colaboração com outros fabricantes, além de um laboratório de testes. Conforme informações da Agência Brasil, é a primeira vez que a Qualcomm faz um acordo desse tipo com um país da América Latina.

O volume dos investimentos não foi divulgado. O ministro também informou que jÁ discutiu com o Ministério da Fazenda a desoneração de impostos para os novos dispositivos que forem desenvolvidos para "massificar de forma mais rÁpida as telecomunicações". O foco é o meio rural, onde o governo quer levar tecnologia de quarta geração com o uso da frequência de 450 mega-hertz.

A Qualcomm vai participar também do programa Ciência sem Fronteiras, dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Educação, na concessão de bolsas para estudantes interessados em desenvolver conhecimento nessa Área.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.