Trinity e Brazos chegam para parceiros AMD e devem estar no mercado "em breve"

A segunda geração de Unidades de Processamento Acelerado (APUs) da AMD, representados pela série A, Trinity, e as séries E/C Brazos 2.0, começaram a ser despachados para os parceiros desenvolvedores hoje. 

A Trinity irÁ equipar notebooks e desktops, continuando a tradição da AMD Fusion de fornecer a capacidade de processamento tanto da parte operacional de um CPU comum quanto da parte grÁfica, em um mesmo chip. É uma potencial concorrente do Ivy Bridge da Intel e dos ultrabooks que o carregarão, apesar de ser muito cedo para dizer como estes dois processadores vão se equiparar. HÁ indicações de que a velocidade em clock vai aumentar para 4GHz.

O site americano Engadget considera que o lançamento da Trinity pode ter o efeito de baixar preços de ultraboks em geral, enquanto os Brazos 2.0 devem con concorrer (e acabar) com as mÁquinas de extrema economia de energia.

As novas APUs da AMD, de acordo com o chefe de Relações Públicas da AMD Phil Hughes, "aprimora virtualmente todos os aspectos da atual série de APUs, dobrando a performance por watt em relação à geração anterior. Os processadores atuais estão disponíveis nos modelos FM2 uPGA para desktops, FS1r2 uPGA e FP2 BGA para notebooks.


- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.