Intel Cove Point: protótipo que revela o futuro dos ultrabooks

Apelidado de Cove Point, ele é o primeiro da série de protótipos da Intel. A empresa acredita que ele seja o futuro da sua iniciativa de ultrabooks. O design de referência é o PC que se converte em touch screen, teclado e trackpad. Para facilitar a utilização em touch screen, a tela desliza para frente e é apoiada através de um suporte na parte de trÁs. No modo para utilização como tablet, o teclado fica protegido.



Especificações para o Cove Point da Intel incluem um processador Ivy Bridge, 12.5 polegadas no display, 2 portas USB 3.0 e uma porta HDMI. Não hÁ nenhuma informação sobre peso ou espessura, mas o dispositivo é obviamente mais grosso e pesado que outros tablets. O ultrabook também é pronto para rodar Windows 8. Como o sistema é pensado para PCs e tablets, você pode usar aplicativos Metro no modo tablet e aplicativos desktop no modo laptop.



Gary Richman, diretor de marketing na divisão de soluções em PC da Intel, comentou sobre o novo design. "Quando começamos a falar sobre ultrabooks ano passado, nós falamos sobre diferentes formatos, toque e conversões. Esta foi uma evolução com o tempo. Ultrabooks nunca foram criados para terem apenas o formato clamshell [formato clÁssico de laptops]. Hoje vemos que o futuro da computação estÁ caminhando na importância da experiência do toque, com tablets e Windows 8. [Com o Cove Point] nós estamos tentando explorar formatos atraentes, os usos e os benefícios de se ter um design de notebook, enquanto aproveitamos a experiência de toque no Windows 8."



Por enquanto não hÁ detalhes de fabricantes se preparando para anunciar um dispositivo semelhante ao protótipo Cove Point. Quanto ao preço, a Intel estima que o Cove Point custarÁ em torno de 1000 dolÁres.

Confira um vídeo de demonstração desse ultrabook que jÁ publicamos.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.