Estado americano quer tornar a "trollagem" ilegal

Uma proposta de emenda à Constituição do Arizona, nos Estados Unidos, pode criminalizar os "trolls". Sim, aquele pessoal que adora postar comentÁrios, digamos... "controversos" pela web só para ver o circo pegar fogo.

O texto propõe a ilegalidade do uso de "qualquer meio de comunicação digital para aterrorizar, intimidar, ameaçar, constranger, irritar ou ofender" e também da utilzação de "linguagem profana, obscena ou sexista".

A emenda complementa a legislação anterior, que tinha o objetivo de proteger as pessoas de ameaças por telefone. Conforme informações do Techspot, o descumprimento da lei pode gerar punições que incluem multas de até US$250 mil. E o infrator pode passar, no mÁximo seis meses na cadeia.

As medidas procuram evitar a prÁtica do "cyberbullying", mas, por outro lado, levantam uma preocupação a respeito de uma possível censura online, além da restrição da liberdade de expressão. Por enquanto, a proposta aguarda a assinatura do governador do Arizona, Jan Brewer.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.