Descoberta abre possibilidade para smartphones e tablets transparentes

Pesquisadores da Universidade Rice em Houston, EUA, anunciaram um grande avanço no desenvolvimento de memórias flexíveis transparentes para PCs utilizando óxido de silício como componente ativo, que promete revolucionar o futuro da indústria dos computadores e eletrônicos.

De acordo com James Tour, químico da Universidade Rice responsÁvel pela equipe de cientistas que trabalharam na descoberta, este feito poderia permitir no futuro, a construção de telas sensíveis ao toque flexíveis e dobrÁveis, circuitos integrados transparentes e baterias flexíveis, além de uma infinidade de outros componentes portÁteis inovadores.

A criação de memória transparente é baseada em uma descoberta química de 2010, ao disponibilizar uma forte descarga de energia através de óxido de silício padrão, um isolante utilizado em eletrônica e moldes de canais em forma de cristais de silício puro com menos de 5 nanômetros de largura. A tensão inicial parece extrair os Átomos de oxigênio do óxido de silício; repetidas descargas menores, em seguida, e quebram e reconectam o circuito e transforma-o em memória não volÁtil. No entanto, um sinal menor pode ser utilizado para sondar o estado de memória sem alterÁ-lo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.