Android vai ultrapassar o Windows como sistema mais usado no mundo em 2016

Existem tantos smartphones Android por aí (e até outros aparelhos, como tablets e set-top boxes, por exemplo), que logo logo o sistema serÁ o mais utilizado do mundo. Mais precisamente, dentro de quatro anos, conforme previsões dos analistas da IDC.

Eles juntaram tudo o que chamam de "dispositivos inteligentes", o que inclui, smartphones, tablets e PCs, e observaram a fatia de mercado de cada um. Em 2011, os PCs Windows baseados na arquitetura x-86 lideraram, com 35,9% de market share, contra 29,4% dos Androids em CPUs ARM. Conforme a consultoria, em 2016, o Android chegarÁ a 31,1%, enquanto o Windows deve cair para 25,1%.

O iOS ficarÁ em terceiro lugar, com 17,3%. Mesmo assim, um bom aumento, considerando a fatia atual, de 14,6%.

Isso não quer dizer, é claro, que as pessoas deixarão de usar Windows, ou que vão substituir seus computadores por tablets ou smartphones. Os consumidores têm múltiplos dispositivos, como nota o Techcrunch, e eles não têm, necessariamente, sistemas operacionais desenvolvidos pela mesma empresa.

Isso é o que a IDC chama de "era PC Plus". Para Bob O'Donnel, vice-presidente da firma, estamos na época dos múltiplos dispositivos. "E nós acreditamos que o número de pessoas que usam vÁrios aparelhos vai continuar aumentando", afirma.

Só em 2011, 916 milhões desses "dispositivos inteligentes" foram vendidos. Para este ano, a IDC espera um aumento para 1,1 bilhão e, em 2016, o número deve chegar a 1,84 bilhão.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.