Maior feira de ciências do mundo, Intel ISEF terá 18 projetos brasileiros

Todas as regiões brasileiras estarão representadas em Pittsburgh, nos EUA, na maior feira de ciências pré-universitÁria do mundo, a Intel ISEF, que acontece de 13 a 18 de maio. A delegação brasileira, patrocinada pela Intel, contarÁ com 30 estudantes de nove estados diferentes, que vão defender 18 projetos. A feira terÁ a participação de 1500 jovens, de 65 países, concorrendo a bolsas cedidas por universidades do mundo inteiro.


Delegação que participou da edição da Intel ISEF em 2011, conquistando 11 prêmios

 

Os projetos, que sugerem inovações para Áreas como agricultura, saneamento, química e robótica, foram selecionados em duas feiras nacionais que aconteceram no ano passado: a Mostra de Ciência e Tecnologia (Mostratec), sediada em Novo Hamburgo, e a Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), em São Paulo. 

A décima edição da mostra de projetos da Febrace aconteceu entre os dias 13 e 15 de março, em São Paulo, e recebeu 325 projetos desenvolvidos por 748 jovens de todo o Brasil. Os trabalhos foram avaliados por pesquisadores mestres e doutores da Universidade de São Paulo, universidades parceiras e por profissionais do mercado. Nove foram selecionados para competirem na Intel ISEF, vindos dos estados de CearÁ, GoiÁs, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

A 26ª edição da Mostratec, que aconteceu entre 25 e 28 de outubro de 2011, recebeu 350 projetos, distribuídos em 13 diferentes Áreas. Os finalistas selecionados são dos estados de AmapÁ, CearÁ, Maranhão, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

- Continua após a publicidade -

No ano passado, o Brasil alcançou a terceira colocação na classificação geral da feira, atrÁs dos EUA e do CanadÁ. Foram 11 projetos vencedores, com destaque para o paulistano Matheus Manuppela, que alcançou o primeiro lugar na categoria Comportamento e Ciências Sociais, conquistando prêmio de U$ 60 mil. O seu projeto utilizava jogos de vídeo como método de concentração e autocontrole para adolescentes portadores de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). A ISEF é realizada desde 1950, revelando inovações para o mundo todo, e conta com o patrocínio da Intel desde 1996, trazendo o nome Intel ISEF. A Intel jÁ enviou mais de 700 brasileiros para o evento.

Conheça os projetos da delegação brasileira na Intel ISEF

AMAPÁ

PROJETO: Biojari, as mudanças começam a partir de novas ideias
De: Laranjal do Jari, AP
Estudantes: Adymailson Nascimento Santos, Islla Gonçalves Marreiros e Thysianne de Sousa Teixeira / Orientador: Elizabete Rodrigues

O projeto ressalta a importância de uma moradia digna, que garanta segurança, saneamento bÁsico, iluminação pública, saúde e educação de qualidade para os moradores do bairro das Malvinas no Município de Laranjal do Jari no estado do AmapÁ.

- Continua após a publicidade -

CEARÁ

PROJETO: Fabricação de papel a partir de fibras naturais: reciclando e reaproveitando na escola II
De: Bela Cruz, CE
Estudantes: Antonia Amanda Araújo e Socorro Magarete Oliveira / Orientador: Fernando Nunes de Vasconcelos

O projeto busca o desenvolvimento da sustentabilidade, a partir do reaproveitamento de fibras naturais desperdiçadas na região de Bela Cruz, e sua posterior transformação em papel.

PROJETO: Reutilização de garrafas pet na construção de sistema de irrigação
De: Juazeiro do Norte, CE
Estudante: Ana Luisa Lopes Marques Coutinho / Orientador: ClÁudio Ribeiro Coutinho

Consiste em um projeto de irrigação para atender aos pré-requisitos de alta eficiência de aplicação da Água, baixo consumo de energia, baixo custo de implantação e fÁcil manuseio pelo produtor.

GOIÁS

PROJETO: Utilização de nanotubos de dióxido de titânio para fotodegradação de corantes têxteis
De: Inhumas, GO
Estudante: Gabriel Lúcio de Oliveira / Orientador: Leonardo Lopes da Costa

Neste projeto foram investigados métodos com o intuito de fotodegradar o corante verde de malaquita, utilizando, como catalisadores, os nanotubos de TiO2 ou o TiO2 anatas, para que sejam ambientalmente corretos.

MARANHÃO

PROJETO: Inseticida natural à base das folhas de Hortelã (Mentha arvensis) e Manjericão (Ocimum basilicum): Abordagem fitoquímica de biocontroladores com potencial formicida e mosquicida II
De: Imperatriz, MA
Estudante: Allison Daniel Fernandes Coelho Souza / Orientador: Jaelbe José Sousa de Almeida

O projeto prevê controle de pragas por meio de uma alternativa biodegradÁvel e de baixo impacto ambiental.

MINAS GERAIS

PROJETO: Comprovação do potencial medicinal da planta pariri (Arrabidaea chica) e suas aplicações químicas em produtos fitoterÁpicos
De: Mateus Leme, MG
Estudantes: Cristopher Mateus Carvalho, Jaqueline Campos Costa e Júlia Maria Rezende Ferreira / Orientador: Fernanda Aires Guedes Ferreira

O projeto compreende as propriedades químicas e farmacológicas do extrato hidroalcoólico foliar da espécie e, a partir deste, produzir fitoterÁpicos, além de verificar o potencial anti-inflamatório do extrato em culturas bacterianas.   

RIO DE JANEIRO

PROJETO: Multitron
De: Rio de Janeiro, RJ
Estudante: Luis Felipe do Nascimento Braz / Orientador: Luiz Henrique Nunes Victorio

O projeto mostra que é possível utilizar materiais comuns no dia-a-dia e transformÁ-los em equipamentos de baixo custo para auxiliar no aprendizado de matérias como robótica, eletrônica, programação e mecânica.

PROJETO: Desafios da produção de medicamentos à base de fÁrmacos de baixa solubilidade
De: Rio de Janeiro, RJ
Estudantes: Jean Lucas Menezes Cotta, Julia dos Santos Fernandes e Marcelli Tavares Alves / Orientador: Vivian de Almeida Silva

O projeto investiga um fÁrmaco de baixa solubilidade, avaliando os possíveis desafios enfrentados pelos farmacotécnicos, na produção de medicamentos à base desse fÁrmaco e propor estratégias para garantir a liberação adequada do princípio ativo no seu local de ação. 

PROJETO: Do lixo ao luxo: síntese de materiais nanoestruturados (MOF-5) a partir de garrafas PET
De: Rio de Janeiro, RJ
Estudante: Marcos Vinicius Silva Amorin / Orientador: Pierre Mothé Esteves

Neste projeto é proposta uma abordagem metodológica para síntese de peneiras moleculares híbridas nanoestruturadas (MOF's) a partir do Ácido tereftÁllico, obtido nas garrafas PET. Esse material possui um custo muito baixo e a vantagem é utilizÁ-lo como matéria-prima para não ser descartado na natureza.

RIO GRANDE DO SUL

PROJETO: REVO FOOT II - prótese ortopédica de baixo custo para amputados de membro inferior produzida com materiais reciclÁveis
De: Novo Hamburgo, RS
Estudantes: Eduardo Trierweiler Boff e Lucas Strasburg Ferreira / Orientador: Ramon Fernando Hans

O projeto propõe o desenvolvimento de próteses ortopédicas que apresentem a mesma qualidade das próteses importadas, porém a um custo inferior. O REVO FOOT foi projetado em tereftalato de etileno (PET), um material alternativo e de baixo custo.

PROJETO: EMEPED - Software de avaliação de prioridade de risco na emergência pediÁtrica
De: Novo Hamburgo, RS
Estudante: Daniel Henrique Fiala / Orientador: Anderson Jean de Farias

O projeto tem como objetivo desenvolver um software que possa ser utilizado na triagem dos pacientes, para definir a prioridade do atendimento, conforme os parâmetros clínicos avaliados, integrando com um banco de dados e uma interface amigÁvel.

PROJETO: SIMDEB II – Dispositivo para verificar a medição cardíaca através do cateter de Swan-Ganz
De: Novo Hamburgo, RS
Estudante: Caio Francisco Ternus de Abreu / Orientador: André Lawisch

O projeto desenvolveu um sistema capaz de aferir a medida do débito cardíaco, por meio do cateter de Swan-Ganz, garantindo uma maior confiabilidade na resposta de monitores hemodinâmicos de débito cardíaco.

PROJETO: Facilitando a conservação da vida - Alternativas de separação de Ácido Lactobiônico e Sorbitol
De: Novo Hamburgo, RS
Estudantes: Eduardo Thadeu Rodrigues e Juliana Hoch / Orientador: Maria Cristina Franck

O projeto busca uma alternativa de separação dos dois compostos que são utilizados nos líquidos que conservam a estrutura celular dos tecidos, objetivando a diminuição do custo do reagente, por consequência dos conservantes, dando maior esperança àqueles que aguardam na fila de espera por um transplante de órgão.

SANTA CATARINA

PROJETO: Escolha da solução ideal do vinagre de banana para captura da mosca das frutas
De: Camboriú, SC
Estudantes: Felipe Soares Wolff e HilÁrio Zornitta Júnior / Orientador: Edson João Mariot

O principal objetivo da pesquisa foi determinar qual a solução com base de vinagre de banana é a mais eficiente para captura inicial e final do inseto adulto da mosca das frutas.

SÃO PAULO

PROJETO: FAC: sequestro de carbono em ambientes domésticos
De: São Paulo, SP
Estudante: Victor Marelli Thut / Orientador: Sandra Maria Rudella Tonidandel

O objetivo do projeto é realizar o sequestro de carbono, utilizando o Fotobiorreator para Absorção de Carbono (FAC) em ambientes domésticos, neutralizando as emissões de carbono de uma determinada pessoa e/ou grupo de pessoas, contribuindo para a diminuição dos índices de dióxido de carbono na atmosfera.

PROJETO: Os rituais alimentares coletivos e suas implicações nas relações sociais: um estudo de caso com pessoas em situação de rua
De: São Paulo, SP
Estudantes: FlÁvia Araujo de Amorim, Julia Generoso Gonzales e Thais May Carvalho / Orientador: Rogério Giorgion

O projeto analisa a influências dos rituais alimentares coletivos, no processo de ressocialização, por meio da realização de refeições coletivas com pessoas em situação de rua.

PROJETO: SIMIS-GA - Sistema Minimizador de Impacto para o Solo da GinÁstica Artística
De: São Paulo, SP
Estudante: Paula Szuster Sarue / Orientador: Mauro Pontes Langhi Jr.

O projeto consiste em definir um modelo matemÁtico, baseado em testes mecânicos, que permite classificar um material como adequado ou não, para uso nas extremidades do solo da ginÁstica artística, levando em conta sua capacidade de absorção de impacto. 

PROJETO: Tecendo saúde: a tecitura de novos fÁrmacos a partir da teia de aranhas III
De: São Paulo, SP
Estudante: Leonardo de Oliveira Bodo / Orientador: Pedro Ismael da Silva Junior

O projeto tem como objetivo encontrar novas drogas, capazes de reduzir e tratar a proliferação de doenças causadas por viroses e cânceres.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.