Qualcomm contrata ex-chefão da AMD/ATi para turbinar a GPU Adreno

A Qualcomm anunciou a contratação de Eric Demers - ex chefão da divisão da parte grÁfica da AMD e ATi – para por "ordem na casa" e tentar acelerar o processo de modernização da GPU Adreno, voltada para os dispositivos ultraportÁteis, tais como smartphones e tablets.

A curiosidade do anúncio é que a Qualcomm comprou a então divisão ultraportÁtil da AMD em 2009 – conhecida como Imageon – pela quantia módica de US$ 65 milhões, de onde Demers ocupada o cargo de CTO.

Vale ressaltar que a venda de sua divisão ultraportÁtil teria sido um dos principais motivos pela saída de Dirk Meyer do cargo de CEO da AMD no início do ano passado.

Embora não tenha dito explicitamente, a contratação de Demers tem como um dos objetivos principais acelerar o processo de modernização da GPU Adreno, atualmente com suporte apenas com o DirectX 9.3.

O grande problema  da Qualcomm é que após ter adquirido a Imageon em 2009, a companhia não continuou o  processo de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias e recursos.

- Continua após a publicidade -

Com a chegada do novo vice presidente de engenharia – que trouxe junto consigo um grupo de ex engenheiros da ATi – a Qualcomm planeja implementar nas futuras gerações do Adreno, o suporte ao DirectX 11, e assim, competir em pé de igualdade com as suas duas principais rivais: NVIDIA e PowerVR. O problema é que a construção de uma GPU compatível com o DX11 deverÁ demorar pelo menos um ano até que esta seja lançada no mercado.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.