Procon-SP suspende Americanas.com, Submarino e Shoptime por três dias

A partir desta quinta-feira, dia 15, os sites Americanas.com, Submarino e Shoptime estarão impedidos de realizar vendas em todo o estado de São Paulo durante 72 horas. A determinação, do Procon-SP, foi publicada hoje no DiÁrio Oficial do Estado e não cabe recurso.

Os três sites são de responsabilidade da B2W Companhia Global do Varejo, que acumulou, só em 2011, 6.233 reclamações junto ao Procon. O número é 180% superior ao registrado em 2010. O Shoptime, por exemplo, estÁ envolvido em uma polêmica com a venda de consoles PlayStation 3 supostamente da Sony Brasil, mas que, na verdade, são importados e sem autorização legal para circular no país, como explicamos em um artigo especial.



Além da suspensão, as lojas deverão pagar uma multa de R$1,7 milhão. A medida do Procon se baseia no Código de Defesa do Consumidor, motivada por reclamações ao longo de todo o ano de 2011 a respeito de atrasos nas entregas de produtos e defeitos nos itens adquiridos. Paulo Arthur Góes, diretor-executivo da fundação, diz que o órgão jÁ fez vÁrias tentativas de diÁlogo com a B2W, mas o problema nunca foi resolvido.

Ao longo do período de suspensão, a pÁgina inicial dos sites bloqueados deve exibir a seguinte mensagem: "O Grupo B2W, em virtude de decisão proferida pela Fundação PROCON – SP, em processo administrativo de n° 2573/2010, estÁ com as atividades de e-commerce suspensas em todo o Estado de São Paulo, por 72 (setenta e duas) horas, a partir de 15 de março de 2012".

UPDATE: Adicionada informação sobre multa.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.