Produto-conceito usa respiração para recarregar smartphone

Ficou sem bateria no smartphone e não tem nenhuma tomada por perto? Experimente vestir uma mÁscara, conectÁ-la ao aparelho e... respirar. Essa é a ideia do designer João Paulo Lammoglia, do Rio de Janeiro. Ele criou o AIRE, um recarregador-conceito que converte o ar da respiração em eletricidade.

No interior da mÁscara, hÁ uma série de pequenas turbinas que fazem esse serviço. O acessório pode ser utilizado em vÁrias situações: seja dormindo, se exercitando ou lendo um livro.


Alguns detalhes ainda são um mistério. Como, por exemplo, se respirar mais profundamente ou mais rÁpido ajuda a carregar o gadget mais rapidamente. E ainda mais importante: não se sabe quanto tempo alguém levaria para encher toda a carga do smartphone.

Para o inventor, a iniciativa é uma forma de ajudar o meio-ambiente. "Além de economizar energia e ajudar a preservação ambiental, o produto também encoraja a prÁtica de exercício físico. É energia disponível 24 horas por dia, sete dias por semana."

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.