Com retomada de 80% na produção, preços dos HDs podem volta a cair

Passado cerca de 5 meses após uma das priores enchentes jÁ registradas na Tailândia, em que matou mais de 700 pessoas, deixando outras milhares desabrigadas e inundando as principais empresas fabricantes de componentes e hardwares para a indústria de tecnologia, aos poucos a economia da região vai voltando ao seu curso normal.

A boa notícia vinda da Ásia é que a indústria dos discos magnéticos (HDs) retomou em 80% o ritmo de sua produção (dado comparado com antes da enchente) no primeiro trimestre de 2012, atingindo assim cerca de 140-145 milhões de unidades.

Para quem não se recorda, com a catÁstrofe, diversas fabricantes de HDs e de componentes tiveram sua produção afetada, causando de imediato, um expressivo aumento nos preços dos discos magnéticos (dentre outros equipamentos). O pico do aumento foi registrado no final do ano passado, com elevação de mais de 200%. Houve casos de HDs que saltaram de pouco mais de US$150 para cerca de US$ 650.

De acordo com fontes da indústria local, a Hitachi Global Storage Technologies e a Seagate Technology foram as companhias que sofreram menos danos em relação à Toshiba e Western Digital,recuperando mais rapidamente suas produções.

Com a retomada gradual da produção, o mercado acredita que em mais alguns meses, o preço dos HDs poderÁ voltar a cair, atingindo os mesmos patamares antes da enchente.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.