Repórter da ABC mostra instalações da Foxconn na China

O programa "Nightline", exibido pela rede americana de televisão ABC, mostrou as instalações da fÁbrica da Foxconn na China, onde são produzidos iPads, iPhones e iPods.

Na reportagem realizada pelo jornalista Bill Weir, são mostrados os dormitórios que os trabalhadores dividem com até 7 pessoas, e funcionÁrios exaustos dormindo durante o expediente. Eles realizam a mesma função na fÁbrica seis dias por semana e a maioria nunca encostou em um aparelho pronto.


Vídeo divulgado aqui no Brasil pela BBC Brasil e retirado do site da Uol

O executivo da Foxconn, Louis Koo, respondeu a algumas acusações sobre o tratamento que os trabalhadores recebem e disse que a empresa não estava preparada para o ritmo de transformação do mercado que tem exigido cada vez mais aparelhos Apple. Segundo ele, a companhia estÁ mudando aos poucos. Recentemente foi anunciado um aumento no salÁrio dos empregados de até 25%, pouco antes do início das entrevistas com os trabalhadores pela Fair Labor Association (FLA), que investiga as condições de trabalho no local.

Nos últimos anos, 18 funcionÁrios da Foxconn cometeram suicídio. Para evitar que isso aconteça novamente, a empresa criou um serviço de aconselhamento e instalou redes do lado de fora do prédio para impedir que os empregados se joguem das janelas. 

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.