Ronaldo Buassali bate recordes de overclock na Campus Party

O brasileiro Ronaldo Buassali bateu dois recordes de overclock ao vivo na Campus Party 2012, sob os olhares de centenas de espectadores. Hoje, o desafio era bater sua própria marca, mas a tarefa foi muito mais difícil do que se imaginava.

Nesta quinta-feira, dia 09/01, Buassali conseguiu emplacar o segundo lugar no ranking mundial ao rodar o 3D Mark 11 com uma placa de vídeo AMD Radeon HD 7970 overclockada a 1635MHz, um aumento considerÁvel em relação ao clock padrão de 925MHz , atingindo 14.603 pontos. Hoje, o plano era ainda mais ousado: fazer um overclock extremo em duas dessas placas ligadas em Crossfire. Mas as dificuldades logo começaram.

O overclocker teve problemas em estabilizar o sistema com as duas placas de vídeo ao mesmo tempo, então, foi preciso desligar uma delas. O desafio passou a ser overclockar uma só VGA para 1640MHz. No primeiro teste, o equipamento travou. Então, Buassali retornou aos 1635Mhz do dia anterior, e conseguiu concluir o teste com 14.313 pontos. No entanto, ele não desistiu e, pelas próximas cinco tentativas, tentou bater o recorde anterior sem sucesso.

Foi a hora de partir para o plano B e tentar outro teste: o Unigine Heaven, no qual o overclocker brazuca figurava na terceira colocação mundial. No finalzinho dos seis longos minutos de teste, uma surpresa: o resultado não foi validado por causa da resolução. Foi preciso pedir um monitor de 22 polegadas emprestado com a plateia.

- Continua após a publicidade -

Imprevistos à parte, o público contiuava ansioso pelo resultado. Após quase duas horas de apresentação, Buassali conseguiu bater o recorde atual, marcando 3.542 pontos, assumindo o segundo lugar. De acordo com o overclocker, essa posição é, na prÁtica, como se fosse a primeira, jÁ que o recordista do topo trabalha diretamente com a Asus e utiliza produtos totalmente modificados. Inclusive, em seus recordes, alguns dados, como o clock da placa, não ficam registrados.

Para realizar a façanha, Buassali utilizou um processador Intel Core i7 3960X overclockado a 5600MHz, além de 8GB de memória RAM. Faltando poucos minutos para o tempo de exibição terminar, Buassali comemorou a nova conquista com muito nitrogênio líquido. Sob medida para esfriar a cabeça após tanta tensão.


Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Um dos maiores hypes dos games chegou. Como você vai em Cyberpunk 2077

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.