Campus Party recebe Diretor da Wikimedia, empreendedores e matemáticos

As cadeiras da plateia do Palco Principal da Campus Party Brasil 2012 ficaram repletas de campuseiros para assistir a algumas das mais esperadas agendas da quinta edição. Vestido de pijama, Kul Wadhwa, Diretor de Mobilidade e Desenvolvimento de negócios da Wikimedia Foundation/Wikipedia, anunciou a criação de um escritório da Fundação no Brasil, com a contratação de equipe de profissionais, além de abordar temas como SOPA/Pipa.

A partir de meados da tarde, a Campus Party ofereceu aos campuseiros encontros de inovadores, empreendedores e matemÁticos. O jovem chileno SebastiÁn Alegría Klocker desenvolveu o @AlarmaSismos, sistema caseiro de alerta de terremotos com base em um Quake Alarm Detector. Ligado em um microcontrolador Arduino, realiza o envio de uma mensagem via Twitter de 5 a 30 segundos antes dos tremores serem percebidos pelas pessoas.

Alegria esteve ao lado de Amure Pinho, referência em mobilidade e interatividade no país e CEO da Sync Mobile, empresa carioca especializada em entregar tecnologias de interatividade para grandes empresas. Felipe Salvini, fundador e CTO da Sieve, negócio voltado ao monitoramento do mercado de e-commerce, completou a lista de participantes desta atividade no palco principal.

Alex Bellos, matemÁtico e autor do livro "Alex no País dos Números", indicado ao Prêmio Samuel Johnson da BBC de não-ficção, e da biografia do eterno Rei Pelé, falou sobre a história da matemÁtica, conceitos e operações, que encantaram a plateia presente. Em sua palestra, Bellos também interagiu com Ricardo Oliveira, jovem nascido no interior do CearÁ campeão de edições da olimpíada brasileira de matemÁtica.

A quinta edição brasileira da Campus Party acontece entre os dias 6 e 12 de fevereiro de 2012, no Centro de Exposições Anhembi. Confira mais informações no site oficial: www.campus-party.com.br.

Assuntos
Tags
  • Redator: Pedro Lima

    Pedro Lima

    Graduando de Jornalismo e Ed. Física, Pedro cresceu jogando videogames e futebol. Dividiu sua infância e adolescência com master-system, super nintendo, 486, k6-2, playstations e outros eletrônicos. Com eles aprendeu, além de gostar de games, tecnologia e ciência, a idolatrar Homer Simpson e Jaiminho, do Chaves.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.