Asus vai anunciar o Padfone no MWC 2012

Após investir no híbrido de tablet com netbook, o Eee Pad Transformer, a Asus estÁ pronta para lançar no mercado o Padfone, dispositivo que é uma mistura de tablet com smartphone. Revelado em maio do ano passado e visto na Computex 2011 ainda em uma versão de protótipo, o dispositivo serÁ lançado oficialmente no Mobile World Congress 2012, que começa no dia 27 de fevereiro em Barcelona, na Espanha.

Para quem não lembra (ou não conhece), vamos refrescar a memória: o Padfone é simplesmente um tablet com um slot para encaixar um smartphone, mesclando a experiência dos dois aparelhos e facilitando a vida de quem os carrega pra lÁ e pra cÁ.


Uma das vantagens de utilizar o portÁtil, por exemplo, é a facilidade de transferir arquivos de um aparelho para o outro. O Padfone promete realizar o trabalho facilmente quando o smartphone estÁ acoplado ao dock. Conforme a Asus, a novidade também acaba com o inconveniente de se precisar usar dois chips SIM, um para cada aparelho, jÁ que, ao unir-se com o celular, o tablet utiliza a conexão de dados dele. Quando unidos, o tablet ainda recarrega a bateria do smartphone.



Por enquanto, a fabricante ainda não divulgou as especificações técnicas do aparelho. De acordo com o GSMArena, o tablet terÁ 10.1 polegadas e o smartphone virÁ com 4.3. O Padfone ainda terÁ um slot para cartão microSD de até 32GB, Bluetooth 2.1, USB 2.0 e uma câmera de 5 megapixels.

- Continua após a publicidade -



O banco de dados do GLBenchmark, como nota o Slashgear, mostra um Padfone equipado com um processador Snapdragon S4, da Qualcomm, um dual-core com GPU Adreno 225. No entanto, os últimos rumores indicam que o aparelho deverÁ chegar com o quad-core NVIDIA Tegra 3, o mesmo do Transformer Prime. Quanto ao sistema operacional, é muito provÁvel que seja o Ice Cream Sandwich.

Todos os detalhes, porém, deverão surgir mesmo durante o MWC 2012 e nós estaremos lÁ para conferir a novidade.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.