Microsoft pagou US$250 milhões para Nokia adotar o Windows Phone

A Microsoft e a Nokia nunca deram muitos detalhes sobre o valor da parceria "Windows Phone", porém, após a divulgação do relatório de lucros do 4º trimestre de 2011 da empresa finlandesa, o número foi revelado. A companhia fundada por Bill Gates pagou à Nokia US$ 250 milhões no período como parte do "amplo acordo estratégico". E essa foi só a primeira parcela do pagamento, caracterizada no contrato como uma transação de "apoio à plataforma". Ao todo, a Nokia espera que os valores trocados entre as duas empresas chegue na casa dos bilhões de dólares. A Nokia também efetua pagamentos à Microsoft pela licença do software.


Getty Images

O relatório divulgado hoje pela Nokia mostra que a empresa teve prejuízo de US$ 1,5 bilhões e terminou o ano com um pouco mais de 13,1 bilhões de dólares em vendas líquidas. O número é 11% maior que no terceiro trimestre, mas é 21% inferior que o mesmo período de 2010, quando arrecadou aproximadamente US$ 16,7 bilhões. O lucro operacional, por sua vez, aumentou 90% em relação ao terceiro trimestre, mas a porcentagem anual ficou baixa, em torno de 56%. No geral, o quarto trimestre foi melhor que o terceiro, mas pior que os meses de outubro, novembro e dezembro de 2010.

Para esse trimestre e esse ano, a Nokia espera uma aceleração na venda dos smartphones com Windows Phone, superando o Symbian.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.