CEO da Foxconn quer aprender no zoológico como gerir seus funcionários

Terry Gou, o CEO da Foxconn, declarou que quer aprender com o diretor do zoológico de Taipei, Chin Shih-chien, como gerenciar uma grande quantidade de animais. Não, ele não quer entrar nesse ramo também. Na verdade, ele compara toda equipe de trabalhadores da fÁbrica com os bichos.

"A Foxconn tem uma força de trabalho de mais de um milhão de pessoas no mundo, e como seres humanos também são animais, gerenciar um  milhão de animais me dÁ dor de cabeça", declarou Gou em um recente encontro com os gerentes da firma, conforme o WantChinaTimes.


Gou não só convidou o diretor do zoológico para participar do encontro anual da companhia como também pediu aos gerentes que escutassem seus conselhos sobre como gerenciar diferentes animais com base em seus temperamentos individuais. Após ouvi-lo, o executivo chegou a perguntar se ele não queria assumir a chefia da Foxconn, para a surpresa dos convidados.

Provavelmente a "proposta" não passou de um desabafo de Gou. Mesmo assim, ele deveria ter escolhido suas palavras com mais cuidado, ainda mais levando em conta que a Foxconn é a maior fabricante de eletrônicos do mundo e tem importantes parceiros, como a Apple. Além disso, a Foxconn realmente não precisa de mais polêmicas: hoje em dia, fica difícil não associar o nome da fÁbrica aos casos de suicídio de seus empregados.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.