Apple suspende vendas do iPhone na China e gera tumulto

O lançamento do iPhone 4S deveria ocorrer hoje na China. Mas muito tumulto e confusão acabaram impedir as coisas de saírem como o planejado. A Apple resolveu suspender as vendas em lojas físicas no país, "para garantir a segurança dos clientes e empregados", como informou em comunicado oficial.

O estopim do problema ocorreu na loja de Sanlitun, em Pequim, que aglomerou cerca de mil pessoas que queriam ser os primeiros compradores do aparelho. Após o anúncio de que as vendas não ocorreriam, os chineses começaram a atirar ovos na fachada da loja e chegaram a agredir um dos seguranças, apesar da tentativa da polícia em amenizar a confusão.


Foto: Associated Press



Conforme a Reuters, muitos tinham passado a noite inteira na fila sob um frio congelante. "Estamos com frio e fome", reclamou com rapaz na casa dos 20 anos à Reuters Television. "Eles disseram que não venderão para nós. Por quê? Por quê?", questionou.

"Cheguei à fila por volta das 23h, e, além da fila, o lugar estava cheio de gente", contou Huang Xiantong, de 26 anos. "Mais ou menos às 5h a multidão na rua tomou o local e a fila desapareceu completamente. Todo mundo estava brigando, vÁrias pessoas se machucaram, a polícia começou a bater nas pessoas", acrescentou.

- Continua após a publicidade -


Infelizmente, tumultos não são novidade quando se trata de um lançamento da Apple na China. No ano passado, por exemplo, quando o iPad 2 chegou por lÁ, a loja teve um dos vidros quebrados e precisou ser fechada. Na ocasião, duas pessoas ficaram feridas e precisaram ir para o hospital.

Um porta-voz da Apple disse que a venda de todos seus modelos de iPhone, e não apenas do 4S, foi suspensa em todas as Apple Stores da China, três em Xangai e duas em Pequim. A comercialização do smartphone continua normalmente via Internet.

UPDATE: Adicionado um vídeo da confusão.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.