Lenovo e Motorola são as primeiras a adotar o chip Medfield 32nm da Intel

A Lenovo e a Motorola foram as primeiras a adotar os novos chips com a arquitetura Medfield 32nm da Intel, e tudo indica que a Lenovo lançarÁ o smartphone K800, o primeiro com a tecnologia, ainda no primeiro semestre. A Motorola, por sua vez, deve lançar seu primeiro aparelho na segunda metade do ano. O anúncio da parceria foi feita ontem na CES 2012, em Las Vegas. Com o codinome Penwell e de marca Atom Z2460, o novo chip parece ser uma alternativa interessante às peças ARM top de linha.

Uma das principais preocupações com o Medfield foi o consumo de energia e a Intel promete que o primeiro modelo de 1,6GHz deve consumir menos de 800mW no mais alto cenÁrio de consumo de energia, enquanto no de 1,3GHz deve consumir cerca de 500mW. Nos chips de 600MHz, o consumo fica em torno de 175mW. E quando "downclockado" a 100MHz, consome apenas 50mW.

O Medfield possui um núcleo grÁfico SGX 540 e os demais detalhes são muito vagos. Teremos de aguardar mais um pouco.

Analistas esperam que o novo chip custarÁ em torno de US$ 17,00 e US$ 18,00.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.