Meizu MX: o smartphone chinês que não é xingling

Muita gente faz cara feia quando ouve falar em celulares chineses. Não é à toa: os MP-[insira número aqui] fazem um certo sucesso por aqui, com suas mil-e-uma funções e qualidade duvidosa. Mas para quem pensa que os chineses não fazem coisas originais, estÁ aí o Meizu MX, smartphone que chega às lojas da China e de Hong Kong a partir do dia 1º de janeiro.

Equipado com um processador dual-core Samsung Exynos 4210 de 1.4GHz (o mesmo do Galaxy S II), o aparelho tem uma tela de 4 polegadas com 960 x 640 pixels de resolução, 1GB de memória DDR2 e uma câmera de 8 megapixels capaz de gravar vídeos em FullHD a 30fps.



O Meizu MX ainda tem uma câmera frontal de 0,3 megapixels e 16GB de espaço interno para armazenamento. Na parte multimídia, o aparelho tem suporte nativo a vÁrios formatos de Áudio, como MP3 e FLAC, e formatos de vídeo como MKV, MP4 e AVI.



O smartphone vem com uma versão customizada do Android 2.3.5, que a fabricante chama de Flyme OS. Mas a promessa é de atualizar o aparelho para o Ice Cream Sandwich ao longo de 2012. E tem mais: a Meizu ainda promete um novo modelo, dessa vez com um processador quad-core, que provavelmente chegarÁ ao mercado em maio.

O Meizu MX chegarÁ às lojas por 2.999 yuans chineses, o equivalente a R$889.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.