Vazam dados de benchmark dos processadores Medfield

A Intel não tem força no crescente mercado de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, mas a empresa promete novidades com a chegada de aparelhos equipados com o processador Medfield, do tipo SoC (system-on-a-chip). Apesar das poucas informações sobre o desempenho deste chip, dados divulgados pelo site VR-Zone  indicam que os processadores da Intel podem fazer frente aos com arquitetura ARM, que dominam este mercado hoje


Imagem meramente ilustrativa

Segundo o benchmark realizado com o software multiplataforma CaffeineMark, no sistema Android (que por sinal, jÁ tem suporte a plataforma x86 utilizada pela Intel), o Medfield alcançou 10.500 pontos. Isso é um bom resultado, se compararmos com os 7.500 pontos do Tegra 2 ou os 8.000 do Snapdragon MSM8260 (presente no HTC Inspire 4G).

O grande desafio do Medfields é provar que a Intel também consegue alta eficiência energética e pouco aquecimento, algo indispensÁvel para dispositivos móveis, por operar todo o tempo em baterias. Nos dados publicados pelo VR-Zone, o processador tem 2,6W de consumo em modo ocioso, e 3.6W rodando um vídeo em HD. O objetivo da Intel é baixar isto para 2W e 2.6W, respectivamente, o que se aproximaria ao consumo dos processadores ARM.

Como não hÁ informações oficiais  por parte da Intel, o jeito é esperar pelo testes com os primeiros aparelhos com o processador. A empresa jÁ vem demonstrando protótipos de smartphones, e hÁ rumores que serÁ lançado um aparelho jÁ na CES 2012, em conjunto com a Samsung.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.