Rio de Janeiro entra na disputa para ganhar fábrica de produtos Apple

A fabricação de iPhones e iPads em Jundiai, em São Paulo, ainda nem estÁ com as circunstâncias claras e outra cidade brasileira também mostrou que quer uma fÁbrica igual. Desta vez é Campo Grande, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O governo do estado ofereceu à Foxconn um espaço de pouco mais de dois milhões de metros quadrados, através da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio (Codin), que faz parte da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços.



De acordo com o jornal O Globo, a companhia tem interesse em ocupar a Área graças à sua proximidade com o Porto de Itaguaí. "Eles gostaram muito do espaço. Vamos ver", disse Conceição Robeiro, presidente da Codin, sem detalhar maiores informações.

Nem a Apple e nem a Foxconn divulgam dados sobre a fabricação dos produtos por aqui. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirma que o projeto estÁ em andamento e os primeiros iPads começarão a ser montados em 2012. Por outro lado, o jornal O Globo diz que pelo menos os iPhones estão em produção desde novembro. O que falta para a comercialização é a disponibilização de uma rede de assistência técnica suficiente para atender à nova demanda.

Ainda segundo a publicação, o projeto da fÁbrica ainda não decolou porque a firma só irÁ abrir a unidade no país se os recursos financeiros vierem do Brasil. E, conforme uma fonte não identificada, é isso que estÁ atrasando o início do projeto. Essa novela jÁ se arrasta desde abril, quando o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, e a presidente da República, Dilma Rousseff, divulgaram um investimento de US$12 bilhões no Brasil por parte da Foxconn. Na época, o governo estimava que a produção dos iPads brasileiros começaria em novembro.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.