Usuários relatam primeiros problemas com PS Vita

O Playstation Vita, nova geração de videogames portÁteis da Sony, foi lançado no último dia 17 de dezembro de Japão. Alguns usuÁrios, contudo, jÁ estão relatando alguns problemas com o aparelho, como travamentos súbitos no sistema e mÁ resposta das telas sensíveis a toque.



Segundo o site Kotaku, um jornalista japonês chegou a reportar que, quando o sistema congela, o portÁtil nem mesmo cosnegue ser desligado de maneira própria, o que pode corromper alguns dados jÁ gravados na memória. 

A Indicação da Sony para o caso foi a mais tradicional de todas: segurar o botão "Power" (Ligar/Desligar) por um período mais longo de tempo pode solucionar o problema. O jornalista, contudo, relatou continuar com os travamentos súbitos após alguns instantes de uso contínuo.

Além disso, outros usuÁrios também relataram não poder reiniciar seus aparelhos, embora estejam com a bateria completamente carregada. Um outro jogador relatou ter encontrado pontos e manchas internas na tela OLED do console, o que inutilizou seu funcionamento e o imepdiu de jogar.


Tela sensível a toque não responde/congelamento do sistema.

- Continua após a publicidade -

O Playstation Vita chega aos Estados Unidos (Brasil e Europa também) em 22 de fevereiro.

[+UPDATE]: De acordo com o site Engadget, a Sony estÁ pedindo desculpas aos jogadores que encontraram os problemas descritos acima nos primeiros contatos com o Playstation Vita. A companhia informou quem um novo firmware jÁ estÁ disponível e serve justamente para adicionar maior estabilidade de funcionamento ao portÁtil.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.